Seguidores

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Dia 14 de junho - DIA DOS NAMORADOS NO BRASIL...





No dia  12 de Junho a partir 1949, quando o publicitário João Braz ou o João Dória trouxe a idéia do exterior e a apresentou aos comerciantes. Como Junho é um mês de vendas baixas, eles decidiram comemorar a data nesse mês e ainda escolheram a véspera de Santo Antônio, o santo casamenteiro como o Dia dos Namorados.
Tadinho do Santo Antonio existem pessoas que não têm medo nem de santo, imagina só, põe o pobrezinho de cabeça pra baixo, às vezes dentro da água, enquanto ele não “arranja” um casamento pra tal pessoa, ele vai ficando assim, conheço alguém que deixou mais de 20 anos o pobre santo de cabeça pra baixo... que devia ser o santo dos desesperados..



O dia dos namorados é conhecido na maior parte do mundo como Dia de São Valentim. Sua origem ocorreu no século III em Roma estando baseada na fé cristã e na Igreja Católica. São Valentim era um bispo cristão. Na Roma antiga estava cada vez mais difícil conseguir homens dispostos a servir o exercito romano. Muitos homens jovens relutavam em abandonar suas mulheres e filhos para lugar em guerras romanas.

No século II, um sacerdote católico chamado Valentim desobedeceu a ordem do imperador Cláudio II, que proibia os casamentos em razão da guerra, pois para ele os melhores soldados eram aqueles sem esposas e filhos, já que não teriam nada a perder. Porém, o sacerdote continuou a realizar secretamente os casamentos, até ser descoberto e condenado a morte. Acredita-se que sua execução aconteceu no dia 14 de Fevereiro, dia que comemora-se o Sto. Valentim day.

Outra história que envolve o sacerdote é a de que ele teria se apaixonado pela filha do carcereiro, para quem mandou o primeiro cartão de Dia dos Namorados, e deixou uma carta assinada 'From your Valentine' ("Do seu namorado").

As histórias viraram lendas, e na Idade Média São Valentim era o santo mais popular da Inglaterra e da França.

No Brasil a escolha de celebração em Junho remete à publicidade. A primeira teoria é a de que o publicitário José Braz quis adaptar a data, já famosa nos países da Europa, para um período que as vendas geralmente eram baixas. Outra teoria é a de que o publicitário João Dória criou uma campanha para a extinta loja Clipper estabelecendo 12 de Junho como o dia dos namorados. No anúncio, ele usava o slogan: "Não é só de beijos que se prova o amor".

Mesmo que o motivo brasileiro não seja cheio de histórias e lendas românticas, o mais importante é comemorar ao lado de quem se ama. Sempre. Pra sempre, eternamente ...dentro das nossas eternidade, é claro.

Sei não, só quero saber como vai encarar o santo qdo chegar ao céu? E que desculpas vai dar pra ele, e será que ele vai encarar...tantas desculpas, claro!


Beijo pra todos, meninas e meninos...
Afinal Santo Antônio é democrático tanto faz ser YIN ou YANG o importante é que o amor prevaleça, e namorar não faz mal a ninguém, ao contrário os dermatologistas aconselham...

Na Europa e na América do Norte...


beijo pra todos...

PS. Artigos pesquisado na INTERNET...não encontrei o nome dos autores.



4 comentários:

Zil Mar disse...

muito bom...adorei!

que vença o "amor" em meio a tantas histórias e comercio....

beijo e obrigada pela belas palavras dos seus coments...

linda noite!

Zil

Cynthia Lopes disse...

Nina, gostei muito do texto.
bom mesmo, bjs

Nina Pilar disse...

Zil querida, é bom, o comercio a gente nem olha pra ele, é só sentar juntinho, uma massa nestes tempos frios, um bom vinho, não existe limite pra versar o amor, viver e sonhar, que ele embora ao nosso lado há tanto tempo sempre veste uma roupa nova, gosta de remexer com as emoções, e a beleza de ser feliz...
ser feliz e amar o amor é a nossa maior virtude... beijo querida, sua presença sempre é de muito esplendor.

super sábado

beijo grande

Nina Pilar disse...

cyntia...
obrigada querida, volte sempre...
sempre serás muito bem vinda...

super abraços
beijo e um ótimo sabado pra ti...