Seguidores

segunda-feira, 27 de maio de 2013



“O verdadeiro lugar de nascimento é aquele em que lançamos pela primeira vez um olhar inteligente sobre nós mesmos.”

Marguerite Yourcenar


Estar nas águas do mar entre espumas e algas e cavalos marinhos ate ser levada como em um cortejo pelas estrelas do mar, depois de um dia cheio de sol, dormir entre estrelas e constelações... 


Eu acredito que exista um caminho onde possamos encontrar outra forma, onde existam caminhos que não leve guie a um novo caminho, onde não exista mais esta competição, onde todos nos já tenhamos superados nossas paixões, vaidades e este sabor esnobe que nos faz sermos memores que já somos pra crescermos temos que ter coragem, e pra que esta coragem venha, entre dentro de nos, corra em nossas veias temos que pensar como se nos olhássemos no espelho e seguisse este testemunho vivo sobre o amor imaterial, largo, farto, imenso e suave, como se amassemos a nos mesmo, pra que a dor não seja regozijo e sim desejos que a vida seja suave e sem dores não só pra nos, e olhando o mar não posso pensar se não na sua imensa e farta mansidão, imensidade que nem os olhos alcançam, mas a alma vagueia por todos os horizontes, bendito seja o dia, doce seja à noite, mansa sejam as nossas madrugadas, pra que os novos amanhas sempre sejam bem vindos, pra que eu nunca veja a morte sorrindo no vale das lágrimas onde devasta toda fonte de energia e amor.
Que o fim não seja assim tão frio, tão duro, tão solitário, que eu sempre esteja completa sem falsas metades, sem falsas saudades, apenas detenha-se em mim o amor, este meu grande, infinito e grande amor, quero sentir, quero que doa, quero que sangre, pois é assim que é a vida, mas, também quero que a dor me perdoe, e que a felicidade entre sem licença, do tamanho dos meus sentimentos, imensa, farta, verdadeira até mesmo em branco e preto, mas, cheia de uma grata maravilhosa magia...

Nina Pilar

”Mas preciso de magia.
Não consigo viver em preto e branco."

Nietzche



4 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Eu gostava de acreditar que existe esse caminho... A Humanidade tem de evoluir bastante para pensar da maneira como tão bem desenvolves no texto.
Gostei muito de ler mais este texto. É excelente, minha querida amiga Nina.
Beijo.

Nina Pilar disse...

obrigada querido nilsom, sempre é um prazer ouvir o que pensas, sempre elegante em teus comentários...
beijo amigo

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

Nina Pilar disse...

obrigada batalha, estamos ai, sempre emocionando-se e deixando-a transbordar não é mesmo antonio, não pra ser o melhor, mas, pra sentir esta emoção maior...bem maior que a gota d'agua que nunca transborda nenhum oceano.

abraços querido, volte sempre.